quarta-feira, 12 de maio de 2010

Pesquisa sobre Wii


WII research
Após a última postagem sobre o assunto (ver aqui), nos mantivemos vigilantes sobre a utilização de realidade virtual através do Nintendo WII® como recurso fisioterapêutico e na busca contínua por mais demonstrações sobre e efetividade do mesmo, e encontramos o site Wii-Habilitation (link) trazendo inúmeros recursos sobre o assunto, dentre eles algumas referências.
Foi através deste site que pudemos encontrar uma revisão sistemática de Portugal (Faculdade de Medicina Universidade do Porto), pelo jeito ainda não publicada em periódicos regulares, mas merecedora de atenção ( link ).
Os autores encontraram 8 estudos, quase todos estudos de casos ou series de casos. Apenas dois deles comparavam o gasto energético de adultos e crianças durante várias atividades, incluindo a utilização da plataforma WII. Ambos demonstraram um grande gasto energético, tanto em adultos, quanto em crianças.
Aponta também outros 3 estudos sobre os riscos do uso exagerado, o que chamaram “Wiiites”, indicando riscos principalmente para as mãos, ombros e joelhos, no caso de uso excessivo.
Ficam as dicas e aguardo o seu comentário.

4 comentários:

Paty disse...

Sro Lárzro, quem escreve éa Patricia Diniz, gostaria de obter os estudos realizados, portanto poderia me orientar como terei acesso a eles!
smiley_diniz@hotmail.com

Lázaro Juliano Teixeira disse...

Olá colega Patrícia:
Os links para acessar os estudos estão na própria postagem. Na revisão sistemática comentada, poderá encontrar as referências para os estudos sobre os riscos. Se preferir, acesse os resultados da revisão neste link (http://medicina.med.up.pt/im/trabalhos08_09/www/t9/results.htm) e perceberá que os estudos número 2 (referência 10), n. 5 (ref 14) e o n. 6 (ref 15) são descrições de casos de fratura da cabeça do rádio, lesão no joelho, e de dor na mão, respectivamente.
Espero ter ajudado, mas fico a disposição se precisar de mais ajuda.
Um abraço,
Lázaro J. Teixeira

dea disse...

minha mãe teve avc isquemico,faz um mes,,,ela não aceita fisioterapeuta,,,gostria de saber se tem algum exercicio que eu mesma posso ir fazendo...

Lázaro Juliano Teixeira disse...

Olá Dea:
Existem muitas orientações que você, como cuidadora, deve seguir para cuidar bem de sua mãe e estimulá-la na recuperação das funções perdidas. Todas as orientações necessárias devem ser dadas por um fisioterapeuta ou um terapeuta ocupacional para que tudo seja feito da forma mais adequada possível e de acordo com as necessidades de sua mãe.
Desejo boa sorte a vocês neste processo de reabilitação e melhoras e todos.
Abraços,
Lázaro J. Teixeira